Páginas

Por que não foi sempre assim?



Trecho dos escritos de Humberto Freitas.

Nenhum comentário: